6 Coisas Que Te Fazem Estar Pronto para Vender Online10 minutos de leitura

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Não vou abordar todas as opções deste mundo e sim apenas, a melhor forma, portanto fique sabendo que existem comportamentos e práticas comuns de um empreendedor que tem sucesso e-commerce e é exatamente disso que falamos neste artigo, vender online.

Estes são definitivamente os 6 pontos onde que você deve conhecer, saber e praticar para ter um bom faturamento Online. Se você entender como funciona o jogo, vai jogar melhor não acha? Eu nem acho, tenho certeza absoluta.

Preste muito a atenção neste conteúdo, ele teve inspiração em uma fase muito importante de um dos meus clientes de Consultoria, em uma reunião que envolvia não só o consultor (Eu), mas também uma agência que participava de algumas ações específicas de um canal de vendas específico. (Quando o cliente é grande, com grandes resultados, isso acontece).

Partindo do princípio de que ter um produto de qualidade é disponibilizar ao mercado algo que resolva o problema de alguém e resolva muito bem. Quando você decide vender online algo é apenas o começo de um longo processo, logo irá atrás de Fornecedores da Matéria prima e outros até ao desenvolvimento final de um produto ou serviço.

O produto/serviço em si, precisa ter alta demanda de consumo recorrente do publico alvo. O seu produto precisa ter um alvo bem definido e fazer ambos lados se encontrarem.

Vamos aos 6 pontos que considerei muito importante vendo clientes de segmentos diferentes faturando alto. Com o tempo e muita análise algumas coisas começam a ficar claras e por competência, todas estas lojas tinham essas 6 qualidades dentro dos processos de suas empresas, a consequência é vender online.

1) Ter um produto de qualidade

E o que é ter qualidade no seu produto? Porque qualidade é relativo, eu no meu gosto tenho como qualidade uma coisa, você pode entender a qualidade de uma outra forma. De modo geral, existem algumas percepções quanto a qualidade mas caminham por lugares parecidos. Dentro do segmento de mercado que você escolheu trabalhar, existe o produto razoável, o bom, e o premium, isso varia, mas para seu entendimento, são linhas de atuação.

Gosto muito do quesito qualidade Premium porque tem tudo a ver com o encantamento/engajamento do seu público alvo. Desde o tecido, até a costura, até detalhes no produto, até a embalagem personalizada. Nem sempre é possível, tudo envolve custo por isso minha indicação sempre é: Faça um bom produto, entregue qualidade e receba satisfação, recorrência e indicações de compra.

Pessoas com estrelas na mão representando a exposição da qualidade
Pessoas levantando uma estrela simbolizando a exposição máxima de qualidade nos seus produtos e serviços.

O mercado em qualquer segmento é muito competitivo e é muito raro tudo ocorrer da melhor forma possível pra você, sem que você tenha o mínimo de entendimento. Se a sua relação Custo de produção x Valor Final te dar um Markup a prova de balas, ok, isso ajuda muito.

Existem aumentos de insumos, aumentos de serviços, aumentos e mais aumentos, no meio disso você fica mantendo a linha da lucratividade e da competição de mercado, se qualquer um destes itens sair fora do esperado, muitas ou poucas vendas se tornam angústia.

De fato, ter um produto que você consiga trabalhar com qualidade e de certa forma conseguir inovar agregando valor e consequentemente conseguir navegar entre preços sem muitas perdas, você terá um negócio mais estável. Nem sempre é possível, mas projeto o alto nível.

2) Valor percebido ou Percepção de valor do seu cliente (Reação do cliente ao confrontar: Foto x Preço)

Qual é o valor percebido do seu produto na sua página de vendas? Sabia que quando as pessoas batem o olho já imaginam um preço baseado em COMO o seu produto está sendo exposto? As pessoas compram foto, vídeos, descrições e uma promessa de entrega. É preciso caprichar para elevar o nível de valor percebido do seu produto. Para vender online é preciso muitas coisas, acima de tudo essas 3: Boas Fotos, bons Vídeos e boas Descrições. Você precisa fazer com que as pessoas batam o olho e façam essa cara:


É o famoso Uaaaaauuu. Não adianta, se você sabe que o concorrente tem um valor de melhor qualidade, você querer vender online pelo mesmo preço ou superior. Você pode até trabalhar seus argumentos e páginas para tentar converter mais, porém não pode mentir, o consumidor vai sacar e vai te retornar uma avaliação ruim, seja no Site ou nos marketplaces, fazendo você perder prestígio.

Você deseja começar crescendo ou começar afundando? Faça o certo. Se o seu produto é inferior ao da concorrência, trabalhe bem no que o teu produto tem de bom e disponibilize pela valor real, percebido, pelo preço que vale, pelo preço que o teu consumidor compra. To falando de boas compras, não adianta meter a faca no preço e ter 1 venda a cada 100k visitas. O normal é 1 mil visitar = 1 venda. Referência do mercado brasileiro de E-commerce, atualmente, mas isso é papo para análise de dados.

3) Precificação competitiva para Vender Online

Preço competitivo. Disponibilizar ao consumidor que você escolheu, um produto com o preço compatível no mercado – raio x dos concorrentes. Estar muito alto é fora da realidade e estar muito abaixo é muitas vezes duvidoso, cuidado e entenda o mercado que você vai investir e apostar. Conheça tudo sobre ele, faça uma lista dos teus concorrentes direto, avalie diariamente as ações deles, compare, aprenda.

Canal de Vendas e Suas Comissões

Conheça profundamente cada canal de venda e suas política pagamento e de comissões. Coloque tudo na ponta do lápis (melhor utilizar um controle melhor) e veja se você ficará competitivo mediante a outros vendedores no Canal. Conheça alguns valores comuns:

  • Plataformas de E-commerce – Algumas cobram uma porcentagem em cima do valor do faturamento da loja
  • O Mercado Livre possuí dois tipos de Anúncios, o Clássico e o Premium, cada um deles possui um percentual diferente.
  • B2w, Cada vez que vendemos, pagamos uma porcentagem para o Marketplace.
  • Olist – Cada vez que vendemos, pagamos uma porcentagem para o Marketplace.
  • Shopee – Cada vez que vendemos, pagamos uma porcentagem para o Marketplace.

Portanto, é preciso ler, se aprofundar na política de pagamento, de envio, de atendimento (SLA) de cada canal que deseja vender online, prever todos os custos para entender a tua margem e por consequência o teu valor de venda, o que fica exposto ao consumidor final.

4) Mostrar sua oferta para o seu público alvo

Chegar até o seu público alvo com campanhas assertivas na sua estratégia de Tráfego Pago e para isso é preciso ter muito bem mapeado quem é a tua persona, o perfil de pessoa que você quer atingir.


Neste momento pense em tudo que você preencheu no seu perfil do instagram e Facebook, como: Estado que mora, Cidade, Onde Trabalha e até Status do Relacionamento. Com elas, o facebook/instagram sabe muito sobre todo mundo, portanto tudo que você precisa fazer é segmentar bem até chegar no seu Algo.

Seja uma Ponte indestrutível

O objetivo neste requisito é ser ponte de ligação, de um lado os seus produtos/serviços e de outro, o público que você segmenta, analisa, testa até colher boas métricas e por consequência Vender Online. Não existe fórmula mágica, não existe um botão milagroso, não existe magos do Marketing, o que existe afinal? Existe muito trabalho, colheita de dados para análise e tomada de decisões através de dados.

5) Ter estoque

Apesar de parecer simples não é um assunto muito fácil. Existe muito investimento sendo jogado no lixo, estoque é investimento e você vai investir no que dá certo, correto? Antes de qualquer avanço de estoque é preciso validar o teu produto e a tua oferta. Veja bem, produto e oferta são coisas diferentes, visto que de um produto podemos criar diversas ofertas, que é como será mostrado, quais serão os benefícios concedidos ao oferecer o seu produto. Antes de sair comprando e estocando tudo, você pode fazer testes, deve. Agora se você já tem um produto e uma oferta validada, você sabe duas coisas:

Para o meu produto tem mercado

Quase todo mundo tem um amigo que chegou em você e disse: Agora vai, conheci um produto que ninguém vende e vou ser o primeiro. Para não perder o amigo, escutamos a empolgação e olhamos com ele. Acontece que no mundo das Vendas Online se não tem ninguém vendendo este produto provavelmente muitos já tentaram e não tem mercado. Tome cuidado ao dito popular: Na internet se vende tudo né”.

Concorrência na internet é bom indicador. Quer dizer claramente que alguém tentou e conseguiu se manter. Claro, existe concorrência pesada em qualquer lugar, mas é um bom indicador sim. Se você não sabe o que vender, comece olhando as tendências do Mercado no Maior site de Vendas da América Latina, nas tendências do Mercado Livre.

Público alvo na frente do computador feliz por achado a oferta que esperava
Público alvo feliz por ter achado a oferta que esperava na internet

Para a minha oferta tem compradores para Vender Online

Você cria sua oferta diretamente no cadastro do produto na sua loja virtual, como: Produto Simples, um Kit, um Jogo e depois trabalha a sua comunicação nas mídias: Orgânicas, Pagas e Sociais. Parece doideira se eu falar que podemos validar a oferta sem ter um produto na mão? Mas podemos testar sim, ah, mas eu vou investir em mídia paga… Sim, mas não muito, apenas o suficiente. E se eu vender mesmo, o que vou entregar? Contate o comprador e diga que infelizmente não vamos conseguir entregar por que o estoque acabou antes do esperado e devolva o dinheiro. Isso já são números que podem te mostrar a melhor opção.

6) Entrega rápida

Isso é um grande diferencial na experiência do cliente com a sua marca. Tanto que este é um indicador básico para qualquer Lojista/Vendedor de Marketplace, o tal chamado de SLA de Atendimento. Quem não gosta de agilidade é maluco. Comprar hoje e receber amanhã luxo, saiba que este é o ápice ao vender online.

Para isso aconteça, sua equipe de expedição tem que ser bem treinada, tendo processos e procedimentos bem definidos e responsáveis para tocar a operação e se responsabilizar. Essa é uma das dores de qualquer marca que quer vender online a nível Multi Canais de Vendas. É preciso ser ágil, ter estoque sempre a disposição e ter equipe foda.

Espero que este conteúdo posso ter te ajudado. Este é o Meu Destino Digital, mas pode ser o Seu.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin